Guia de Sobrevivência do metrô de São Paulo

O metrô de São Paulo transporta por dia em torno de 3 milhões de passageiros. Isso é muita gente. A cidade tem aproximadamente 12 milhões de habitantes, para se ter idéia. Frequentemente, eu sou um deles. E por gostar da eficiência do metrô, e considerá-lo um sistema muito bem organizado, apresento-lhes alguns macetes que tenho pegado ao longo dos anos, tanto por experiência própria quanto por comentários de amigos.

Calculadora de tempo da rota
Uma ferramenta que tenho usado bastante não quando eu vou fazer algum trajeto de metrô, mas para saber quando encontrar no metrô com amigos, e também para calcular quanto tempo o officeboy irá demorar no trajeto, é a calculadora de tempo de rota. Entre no site do metrô, em Sistema de Trajetos, depois clique na orelha ‘Pesquisar no Mapa’. Selecione a estação de origem e destino, e pronto. Além de mostrar quais os passos você tem que tomar (útil em caso de baldeações mais complexas), ele mostra uma estimativa do tempo gasto. Pela minha experiência, pelo fato de o metrô ser muito bem organizado e pouco suscetível a variáveis externas (exceto chuva forte em algumas linhas não-subterrâneas), as previsões tendem a ser bem precisas, nunca mais deixei nenhum amigo esperando mais de 5 minutos na estação.

Baldeações mais espertas
A não ser que você seja um turista indeciso ou um andarilho das ruas, geralmente você sabe em qual estação pretende descer. Provavelmente já sabe também em qual estação fará baldeação. Por que não otimizar o seu trajeto, ficando no carro mais perto da escada para qual você deve baldear? Você acaba ficando na frente de muita gente pelo fato de pensar neste pequeno detalhe. Além do que, em sistemas de transporte, perder um minuto pode significar perder mais de meia-hora (você perde o trem que passa de 3 em 3 minutos, depois perde o outro trem da baldeação, depois perde o ônibus, e a cadeia nunca acaba). Abaixo, algumas dicas sobre otimização de badiação (se você leitor, sabe de mais alguma, favor inserir nos comentários que eu incluo aqui).

BALDEAÇÕES NA SÉ
Linha 1 (azul | norte-sul) para Linha 3 (vermelha | leste-oeste)

Sentido Jabaquara para sentido Itaquera – entre no segundo carro
Sentido Jabaquara para sentido Barra Funda – entre no penúltimo carro
Sentido Tucuruvi para sentido Itaquera – entre no penúltimo carro
Sentido Tucuruvi para sentido Barra Funda – entre no segundo carro
Linha 3 (vermelha) para Linha 1 (azul)

Sentido Barra Funda para sentido Jabaquara – entre no primeiro carro
Sentido Barra Funda para sentido Tucuruvi – entre na última porta do penúltimo carro, ou primeira porta do último carro) – valeu, catraca
Sentido Itaquera para sentido Jabaquara – entre no último carro
Sentido Itaquera para sentido Tucuruvi – entre no primeiro carro

BALDEAÇÕES EM OUTRAS ESTAÇÕES
Linha 1 (azul) para a Linha 2 (verde
)
Sentido Jabaquara para sentido Vila Madalena – entre no terceiro carro da estação Paraíso porque o trem da linha verde fica na mesma plataforma, é só dar uns 8 passos e chegou.
Sentido Jabaquara para sentido Alto do Ipiranga – pegar último carro, primeira porta, e fazer baldeação em Ana Rosa, já que em Paraiso você tem que subir escada que não é rolante, mas é chata e demora tempo.  (valeu de novo, catraca)
Sentido Tucuruvi para sentido Vila Madalena – entre no segundo carro e desça na Ana Rosa sempre
Sentido Tucuruvi para sentido Alto do Ipiranga – pegar última porta do primeiro carro, e fazer baldeação em Ana Rosa

Linha 2 (verde) para a Linha 1 (azul)
Qualquer sentido para o Tucuruvi – descer na estação Ana Rosa

Qualquer sentido para Jabaquara – descer sempre na estação Paraíso

Na Rodoviária do Tietê
Para sair na boca da catraca na rodoviária do Tietê, na frente daquele monte de gente com mala pra passar (indo sentido Tucuruvi), entre na terceira porta do quarto carro.

Obrigado ao Marcelo que inclui várias dicas (se você manja qualquer coisa a mais neste quesito, por favor, inclua nos comentários)

Mochilas
Se você é um estudante e anda de metrô com a mochila nas costas, é provável que metade do mundo te odeie profundamente. É sacanagem andar com mochila nas costas, atrapalha muito quem quer passar. Como grande mochileiro que fui por grande parte da minha vida (e ainda sou, em algumas ocasiões), eu aprendi alguns truques. Todo trem tem aqueles pilares de metal verticais que servem pras pessoas segurarem, geralmente estes pilares ficam num local estratégico, onde juntam-se dois bancos de costas um para o outro, ali é o lugar perfeito para colocar sua mochila se você estiver em pé (veja o detalhe na imagem a seguir). Se o lugar estiver ocupado, coloque-a no chão, entre as pernas.

Se quiser sentar com a mochila eu recomendo um daqueles bancos que você fica encaixado (encostando um dos ombros na janela). Coloque entre as pernas ali, é um lugar bem seguro, confortável e bom para tirar um cochilo. Se você dormir, não tem como ninguém levar sua mochila embora. Para sair, é provável que você precise pedir para que a pessoa ao seu lado levante.

metro_mochila1

Escada rolante
Deixe a esquerda livre. Imagine a escada rolante como uma estrada, quem está com pressa tem o direito de dar uma corridinha sem ter que pedir licença a cada degrau. Há sinalizações na escada sobre esta regra, mas ninguém parece lembrar ou respeitar. Se você não vai andar ou correr na escada, fique sempre à direita. Se você precisar correr, o jeito é ir pela esquerda pedindo licença pra todo mundo (e um cutucão com o cotovelo não costuma matar ninguém =), quem sabe algum dia eles se tocam.

Embarque e desembarque

Na hora do embarque, não corte a fila de ninguém, e principalmente, espere sair as pessoas que precisam sair primeiro, e só depois entre. A porta não vai fechar, e as pessoas que estão saindo não vão roubar seu lugar, então espere quem está saindo sair, depois entre. (obrigado pela sugestão, Flávia Durante)

Embarque na Leitura
Pouca gente sabe, mas o metrô possui (além da vasta biblioteca do Centro Cultural Vergueiro), o programa Embarque na Leitura. Você só precisa levar alguns documentos, preencher uma ficha e pronto, já pode pegar emprestados e devolver livros sem sair do metrô: uma ótima pedida pra se distrair na viagem. Até agora, existem apenas em algumas estações. No site do metrô só diz das estações Tatuapé e Paraíso, mas eu também já vi na Santa Cecília, e quase certeza de que há mais, se você sabe, deixe nos comentários. Até hoje, eu costumo ler mais no metrô do que em casa. Torne seu tempo perdido em tempo útil!

Dicas para um embarque campeão
Na hora de embarcar, lembre-se de algumas dicas:

  • Lembre-se sempre de otimizar o seu trajeto, já programando o carro que irá entrar (ver começo do post. ok, você já deve ter visto).
  • Entre sempre pelas portas centrais e garanta seu assento. Cada carro tem quatro portas. Se você entrar por uma das duas portas das extremidades (primeira ou quarta), o número de assentos para escolher é limitado (só os assentos de um lado, porque do outro tem a parede do carro), já entrando pela segunda ou terceira portas, você poderá escolher tanto os assentos do lado à sua direita quanto os assentos à sua esquerda.
  • Mind the gap. Cuidado com o vão. É pequeno, é improvável, mas eu já caí. E não estava bêbado. E ninguém me ajudou, haha. Preste atenção.

Dentro do trem

  • Não fique na porta. Segundo fontes confiáveis, quem fica na porta atrasa a vida das outras pessoas.
  • Não assista à TV do metrô. Leia um livro. A TV virou uma bosta de uns tempos pra cá, não sei porque mudou, eu adorava. Se você também gostava, reclame enviando um e-mail para faleconosco@tvminuto.com.br.
  • Ouça música com fone. Nada mais cafona do que pendurar o celular com viva-voz no peito e botar pra rolar aquele pagodão. Além de ser contra a lei. Se ouvir algum idiota fazendo isso, peça pra ele desligar sem medo, geralmente há uma pequena resistência, mas ele pára mesmo, de vergonha.
  • Não alimente o comércio ilegal. Pode te dar dó e tudo mais, mas eles ganham mais que você, e atrapalham a viagem de todo mundo. Além de prejudicar o comércio legal nas estações (tirando outros empregos). Se quiser ajudar pessoas, faça sua doação a uma instituição séria.

Horários de funcionamento
O horário oficial que te falam quando você pergunta é que o metrô fecha às 00h15. Mas a verdade é que cada estação fecha num horário diferente. Veja abaixo os horários de verdade, e aproveite o metrô até o talo. (Lembrando que caso precise fazer baldeação, o bom é entrar até meia-noite, meia-noite e cinco mesmo).

Estação Horário de funcionamento de domingo a sexta Horário de funcionamento aos sábados
Jabaquara 4h40 às 00h06 4h40 às 1h00
Conceição 4h40 às 00h08 4h40 às 1h00
São Judas 4h40 às 00h10 4h40 às 1h00
Saúde 4h40 às 00h12 4h40 às 1h00
Praça da Árvore 4h40 às 00h14 4h40 às 1h00
Santa Cruz 4h40 às 00h16 4h40 às 1h00
Vila Mariana 4h40 às 00h18 4h40 às 1h00
Ana Rosa 4h40 às 00h20 4h40 às 1h00
Paraíso 4h40 às 00h22 4h40 às 1h00
Vergueiro 4h40 às 00h24 4h40 às 1h00
São Joaquim 4h40 às 00h26 4h40 às 1h00
Liberdade 4h40 às 00h28 4h40 às 1h00
4h40 às 00h29 4h40 às 1h00
São Bento 4h40 às 00h32 4h40 às 1h00
Luz 4h40 às 00h30 4h40 às 1h00
Tiradentes 4h40 às 00h28 4h40 às 1h00
Armênia 4h40 às 00h26 4h40 às 1h00
Portuguesa-Tietê 4h40 às 00h24 4h40 às 1h00
Carandiru 4h40 às 00h22 4h40 às 1h00
Santana 4h40 às 00h20 4h40 às 1h00
Jardim São Paulo 4h40 às 00h18 4h40 às 1h00
Parada Inglesa 4h40 às 00h16 4h40 às 1h00
Tucuruvi 4h40 às 00h14 4h40 às 1h00

Linha 2-Verde

Estação Horário de funcionamento de domingo a sexta Horário de funcionamento aos sábados
Alto do Ipiranga 4h40 às 00h13 4h40 às 1h00
Imigrantes 4h40 às 00h16 4h40 às 1h00
Chácara Klabin 4h40 às 00h18 4h40 às 1h00
Ana Rosa 4h40 às 00h20 4h40 às 1h00
Paraíso 4h40 às 00h22 4h40 às 1h00
Brigadeiro 4h40 às 00h24 4h40 às 1h00
Trianon-Masp 4h40 às 00h22 4h40 às 1h00
Consolação 4h40 às 00h20 4h40 às 1h00
Clínicas 4h40 às 00h18 4h40 às 1h00
Santuário Nossa Senhora de Fátima-Sumaré 4h40 às 00h16 4h40 às 1h00
Vila Madalena 4h40 às 00h14 4h40 às 1h00

Linha 3-Vermelha

Estação Horário de funcionamento de domingo a sexta Horário de funcionamento aos sábados
Corinthians-Itaquera 4h40 às 00h19 4h40 às 1h00
Artur Alvim 4h40 às 00h21 4h40 às 1h00
Patriarca 4h40 às 00h23 4h40 às 1h00
Guilhermina-Esperança 4h40 às 00h25 4h40 às 1h00
Vila Matilde 4h40 às 00h27 4h40 às 1h00
Penha 4h40 às 00h29 4h40 às 1h00
Carrão 4h40 às 00h31 4h40 às 1h00
Tatuapé 4h40 às 00h33 4h40 às 1h00
Belém 4h40 às 00h35 4h40 às 1h00
Bresser-Moóca 4h40 às 00h35 4h40 às 1h00
Brás 4h40 às 00h33 4h40 às 1h00
Pedro II 4h40 às 00h31 4h40 às 1h00
4h40 às 00h29 4h40 às 1h00
Anhangabaú 4h40 às 00h27 4h40 às 1h00
República 4h40 às 00h25 4h40 às 1h00
Santa Cecília 4h40 às 00h23 4h40 às 1h00
Marechal Deodoro 4h40 às 00h21 4h40 às 1h00
Palmeiras – Barra Funda 4h40 às 00h19 4h40 às 1h00

Linha 5-Lilás

–><!—-><!—-><!—-><!—-><!—-><!—->

Estação Horário de funcionamento de domingo a sábado <!– Horário de funcionamento aos sábados
Capão Redondo 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00
Campo Limpo 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00
Vila das Belezas 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00
Giovanni Gronchi 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00
Santo Amaro 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00
Largo Treze 4h40 às 24h00 4h40 às 1h00

__________________________________________________

Banheiros
Hmmm, bateu aquele aperto e você não sabe pra onde correr? Veja as estações que possuem banheiros públicos gratuitos, e alivie-se!

Linha 1-Azul:
Vila Mariana, Ana Rosa, Armênia e Santana – diariamente, das 5h às 24h;
Conceição – diariamente, das 5h às 22h.
Obs.: o sanitário da Estação Luz foi fechado em caráter permanente por motivo de obras da futura Linha 4-Amarela no local.

A rodoviária do Tietê tem banheiros pagos e banheiros grátis. O banheiro grátis fica à direita (saindo do metrô), do lado da lan house, perto da escada rolante. (bem lembrado, Ma Sanfelicio). Ambos são 24 horas.

Linha 2-Verde:
Paraíso – diariamente, das 5h às 24 horas.

Linha 3-Vermelha:
Artur Alvim, Patriarca, Guilhermina-Esperança, Vila Matilde, Penha, Carrão, Tatuapé, Belém – diariamente, das 5h às 24h;
Pedro II, Sé, República, Marechal Deodoro e Palmeiras-Barra Funda – diariamente, das 6h às 21 horas.

Bicicletas
Em dias e horários determinados, é possível entrar com a bicicleta e embarcar sempre no primeiro carro. Segundo nosso amigo Lucas (agente do metrô), os horários são:

De segunda a sexta, a partir das 20:30.
Sábado depois das 14:30
Domingos e Feriados, o dia inteiro.
E sempre no ÚLTIMO carro.
(Normais iguais a da CPTM)

Animais de estimação
Infelizmente (para alguns, me incluo aqui), existe uma lei que proibe a entrada de animais de estimação no metrô sob qualquer hipótese. A única exceção é o caso de deficientes visuais ou auditivos que utilizem cães-guia, ou de viralatas que entrem sem ninguém ver :P

Bom, é isso! Espero ter feito um guia interessante e útil para você, caro colega metro rider. Outras boas fontes de informação são sempre o site oficial do metrô, o aritgo do metrô na Wikipédia, e o gigante e lendário tópico do orkut.

E pra você que acha a Sé um inferno em horário de pico, dê graças por não estar na Índia.

Um grande abraço, uma boa viagem, e desçam pelo lado esquerdo do trem!

Siga-me no Twitter.

About these ads

78 pensamentos sobre “Guia de Sobrevivência do metrô de São Paulo

  1. Olá, blogueiro… desculpe, mas não encontrei seu nome. Queria agradecer pelas dicas dadas sobre o metrô de São Paulo. São muito valiosas.
    Mas, como sou muito chata (pela idade e por ser revisora de artigos em português) preciso avisa-lo que a palavra certa é “baldeação”, “baldeações”…
    Valeu por suas dicas… espero que a minha também tenha seu valor.
    Abraço.
    Cris

  2. olá, Fernando! Adorei as dicas e gostaria de tirar algumas dúvidas: Vou trabalhar perto do metrô Conceição (Moro no Butantã). Nesse trajeto (Paraíso – Conceição) os trens ficam muito lotados nos horários de pico? Ainda estou decidindo qual é o melhor meio para que eu gaste menos tempo (carro, ônibus, metrô…) Ah! Por que vc diz que é melhor fazer baldeação no Paraíso que na Ana Rosa?
    Obrigada e um grande abraço!

  3. Sensacional! Mesmo para quem já está acostumado é muito bom ler essas dicas. Adorei a dica para sair na boca das catracas no metrô Tietê, venho tentando descobrir qual era o vagão há algum tempo.

  4. Oi Fernando!
    Não sou de São Paulo, mas invejo o sistema de metro de vcs, aqui em BH ele não atende a maioria da população.
    Adorei as suas dicas, são bem úteis, até para nós que vamos a passeio.

  5. maravilhoso post! macetes que só quem anda muito aprende sozinho!

    só que não entendi uma coisa: conheci o projeto embarque na leitura porque via sempre um desses quiosques na luz! tiraram de lá?

    abraços!

  6. Não moro em São Paulo, e nem ando de metrô, mas mesmo assim quer parabenizá-lo pelo texto.
    Com certeza é de grande utilidade. Além de estar simples e ser prático.

  7. Olá Fernando,

    No tópico sobre as bicicletas, você começa indicando que devemos entrar no primeiro carro, mas no final, está em negrito, você diz que devemos utilizar o último carro. Qual é o certo?

  8. Ameeeeei o esquema das baldeações!
    Depois de dois anos direto pegando o metrô, eu já sabia mais ou menos os lugares onde subir/descer pra ficar mais perto das escadas.

    Agora, mais uma dica: a estação Consolação, da linha 2 – verde, só tem uma escada de saída. Quando se faz a baldeação no Paraíso, deve-se pegar o último carro no sentido Vila Madalena, ou seja, pegar o primeiro carro na linha azul (sentido Tucuruvi/Jabaquara).

    Espero que seja útil também!

    Beijos!

  9. Pingback: Notas e links: Monteiro Lobato é Ruth Rocha, metrô de SP e Michael Jackson encontra Suassuna | Livros e afins

  10. Pingback: Metrô e CPTM em São Paulo | A vida como a vida quer

  11. Aê salve Fernando, como vc, eu tbm sou um passageiro do metrô, e discordo de algumas dicas suas. A linha 2-Verde é a que os trens atingem maior velocidade, mas é a que tem o maior tempo de espera, então se vc está na linha verde, vá até o máximo possível, até a Ana Rosa se vc estiver indo sentido Jabaquara, e até a Paraíso se estiver sentido Tucuruvi. Até porque é mais facil e prático a baldeação assim, pensando na localização das plataformas.

  12. Fernando, achei o seu post ótimo, mas acrescentaria um detalhe importante (para as pessoas que estão esperando do lado de FORA): pelamordedeus, SAIAM da frente da porta! esperem o desembarque de quem está dentro do carro e só depois entrem.
    parece simples, mas a galera não deixa rolar o desembarque, quer entrar antes que os outros saiam.
    pra mim, isso é ausência de cerébro, de educação e civilidade, de tudo.
    abração.

  13. Olá… passeio para parabenizá-lo pois está muito joia o artigo e para dizer que faço isso todos os dias e sei bem como isso funciona direitinho…. até com busão funciona vc espera o ponto certo pra passar a catraca e sentar e etc… parabens novamente
    vlw

  14. Aloha!

    Adorei suas dicas para andar de metrô.
    Eu sempre tenho o hábito de usá-lo aos finais de semana, para as aulas de reforço do meu cursinho…

    Uma dica que eu gostaria de dar é sobre as baldeações na Ana Rosa (da linha azul para a linha verde). Apesar de serem práticas, percebi que perde-se um trem para fazê-la. Não valendo muito a pena pegar o trem vazio para poder sentar… Fora q vc volta uma estação.

    Aloha!

  15. bom … que pena que essas dicas não valem para os trêns da linha 12 (safira), por que ali … (visshhhhh)… nenhum cara formado em logistica na melhor facudade do país pode resolver aquele problema.
    No entanto , as dicas são bem validas pra quem pega metro tambem… já da uma grande ajuda …

    abçs

  16. o dia que todo mundo ler blogs, o mundo será um lugar melhor de qualquer forma, haha. abraço!

  17. Fernando, dá uma atualizada no texto, algumas informações já estão ultrapassadas. Se quiser ajuda, sou funcionário do metrô.

  18. Eu costumo considerar que o metrô leva 2 minutos entre uma estação e outra. é um tempo que varia mas funciona bem para mim.

    Excelente texto, um ‘ultimate guide to SP’, com certeza.

  19. Fernando, a estação Tietê na linha azul tbm tem banheiros gratuitos. Não são muito bons, é verdade, mas servem pra quebrar o galho. Eles ficam meio escondidos, perto da loja de jogos :)

  20. Olá, Flavia. Obrigado pela menção no Virgula. adicionei esta dica de esperar quem tá dentro sair. Realmente bem importante.

  21. Pingback: Links Legais da Sexa Feira | Autozine

  22. Adorei a dica da música COM FONES DE OUVIDO! Estou cansado de pegar o metrô e ser “obrigado” a escutar o funk da Gaiola das Popozudas, o forró de algum vagabundo dos teclados, etc…

    CADA DIA QUE PASSA EU TENHO MAIS CERTEZA DE QUE CERTAS PESSOAS PERDERAM A NOÇÃO DO RIDÍCULO!!!

  23. Pessoal eu sofro de diarréia crônica avassaladora. Não consigo controlar minha intensa vontade de defecar e por muitas vezes acabo defecando em público…
    Adorei a dica do banheiro nas estações!
    Podem ter certeza de serão todos utilizados!

  24. Ótimo post, parabéns. Algumas dicas eu já conhecia por experiência própria. Outras não.

    Segue uma pra quem tá na linha verde, pegando sentido Alto do Ipiranga, e vai baldear na Paraíso, sentido Tucuruvi:

    O ideal é escolher as portas que dão de cara nas escadas rolantes. Como eu costumo pegar os últimos vagões, minhas direções são voltadas para lá. Espero que alguém possa complementar, mas lá vão os dois caminhos que eu conheço:

    1 – Segundo vagão, terceira porta;
    2 – Antepenúltimo vagão , segunda porta.

    Costumo pegar mais o 2º, pois é perto de onde eu entro no metrô, mas as duas são garantidas.

    Abraços!

  25. Luis,

    Em primeiro lugar parabéns pelo post. É essencial para Paulistanos usuários de metrô ou mesmo turistas que tenham essas informações sobre o nosso meio de transporte.
    Uma dica bem válida também é sobre os totens de recarga de bilhete único que existem em algumas estações (não sei de todas as estações que possuem, mas sei de um na República).Para aquelas pessoas que precisam recarregar em dinheiro, é bem rápido e seguro, além de imprimir também um comprovante da recarga.

    É isso aí !!!
    =]
    Lú.

  26. Ótimas dicas, eu que pego metrô desde 2002 quando cheguei em São Paulo tenho essas dicas como certas nos meus trajetos. O lance da mochila eu aprendi sozinho e curti muito saber que outras pessoas concordam com a facilidade. Pessoas sem noção com celular tocando no viva-voz é o fim do mundo, dá vontade de pegar o celular Xing Ling e jogar pela janela!!!!!
    Esquerda livre??? Nunca vi, se bem que costumo respeitar sempre, mas parece que o povo desrespeita por prazer…

  27. Pingback: Como pegar ônibus em São Paulo usando google maps | A Vida Como A Vida Quer - prá quem quer a vida inteira, não pela metade!

  28. Olá. O post tá bem legal, ótimas dicas. Vou acrescentar as minhas:

    Pego o metrô diaramente nos horários de maior lotação e infelizmente algumas das coisas que você falou, nesses horários, acabam não funcionando.

    As vezes compensa muito mais voltar uma estação do que tentar se aventurar pela Sé. Com o tempo, aprendi que vale a pena ir no último vagão e tentar conseguir se apoiar na parede, por mais que isso custe andar alguns metros até a escada rolante desejada. Se estiver com pressa, não confie no metrô.

    Esqueça essa coisa de vagão vazio (isso é sonho), porque no final, a espera pode acabar te causando grandes dores de cabeça.

    Se ocorrer alguma “falha”, em qualquer estação que seja, volte 1 ou 2 estações. Mais do que isso é loucura, afinal, primeiro o metrô vai tentar normalizar as estações com maior número de pessoas (Sé, São Bento), e se você estiver muito para trás, vai chegar bem atrasado no trabalho.

    É utopia falar para não ficar na região das portas às 8h, na estação Brás por exemplo. O melhor a fazer é sair, ficar do lado da entrada, e esperar as pessoas saírem pra depois entrar novamente. O metrô não vai fugir de você (quer dizer, vai, mas bancar o chato não dá.)

    Não entre no vagão reservado para idosos e gestantes com a esperança de sentar. Se você está na merda, acredite, os velhinhos que pegam aquele vagão estão numa situação pior que a sua. Roubar lugar de grávida também é mancada das grandes. Mas ainda sim o vagão reservado é uma boa, se você não se importar de ficar de pé, afinal, geralmente ainda dá para respirar. (Mas para pegá-lo, você terá que voltar uma estação, na Sé esse vagão geralmente é interditado nos horários de pico.)

    Não entre muito agasalhado quando o metrô estiver lotado. Nem se estiver nevando lá fora. No metrô sempre faz calor. Always. E se conseguir, carregue uma garrafinha de água, sempre faz bem. O único risco é causar inveja nas outras pessoas.

    Bom, é isso, por enquanto.
    Boa sorte a todos :)

  29. Pingback: Paulo Rená da Silva Santarém (prenass) 's status on Monday, 14-Sep-09 14:58:33 UTC - Identi.ca

  30. Sentido Jabaquara para sair o mais próximo da escada rolante no metro Conceição peque o segundo trem e saia pela segunda porta do trem, infalível!

  31. ótimo post! mas tenho algumas sugestões:

    no tópico sobre mochilas faltou dizer que se você está sentado, o mínimo que pode fazer é oferecer pra segurar a mochila, bolsa, pasta, sacola, casaco ou o que seja de quem está de pé. horrível ter que tentar se segurar em algum lugar ou se equilibrar, e ainda ter que segurar coisas. se a pessoa não quiser por medo de que você roube alguma coisa da mochila, problema dela, pelo menos você ofereceu. gentileza nunca é de mais.

    e no do banheiro faltou uma informação importantíssima. não sei se é assim e todas as estações, mas na barra funda os banheiros ficam fora da estação, antes da catraca. ou seja, se você ficou com vontade no meio da viagem, vai ter que sair em uma dessas estações e pagar outra passagem pra voltar e continuar a viagem

  32. Pingback: Vida urbana: um link com dicas para o metrô de SP « O2 Aktuell

  33. O lance de esperar as pessoas saírem para vc embarcar é que complica, eu passo um aperto final do dia tentando embarcar na verde e o povo que ta chegando nela para sair na azul não deixa vc embarcar, e se vc quer ser educado em esperar as pessoas descerem para embarcar perde, pois as pessoas ainda estão se atropelando para sair e o sinal tocando para fechar a porta e você não embarcou.

    É muita gente mal educada e agora nem existe mais aquele adesivo sinalizando qual lado da porta se entra e qual usa para sair (acho que era mesmo pq ninguém respeitava) se continuar assim, o Metrô ficará muito parecido com a CPTM.

  34. nossa…. muito bom!

    eu também fico inventando essas coisas não só pro metrô, pros ônibus tambem…
    é uma pena que pra conseguir andar de transporte público a gente seja obrigado a desenvolver essas técnicas!
    a superlotação do metrô já passou da conta, haja visto o incêndio na Sé na semana passada (acho que foi dia 23/09/09). tem que construir mais linhas!!!

  35. Luis,

    Bacana tuas dicas,com certeza só com a experiência se pode saber os truques.

    Eu só queria acrescentar e também ser auxiliado no seguinte fato:

    Voce que mora na zona leste, ta cansado de pegar metrozão lotado às 6h da matina e não tem nenhum problema voltar duas ou três estações. Ao invés de se aventurar indo pra sé logo de uma vez, vá até corinthians – itaquera, pois voce pode conseguir ir sentado de boa, de 5 em 5 minutos( eu acho que é isso, se não for me corrigem), o metrô pára na plataforma do meio, fazendo com que voce não precise sair do vagão e segue com destino barra – funda!
    Toda manhã faço isso, mas não consegui achar uma lógica certa dos metrôs que param no meio, às vezes me ferro. Mas faz parte, espero que tenho ajudado ou alguém me ajude a entender melhor!

    valews

  36. Pois é, pena que nessa cidade existe tanta gente mal educada, tentar pegar o metro SÉ as 18:30 é praticamente querer decer ao inferno, um bando de gente mal educada gosta de empurar, outro dia uma senhora derrubou o celular entre os trilhos do metro porque a empurraram, o pior poderia ter acontecido se o empurrão tivesse cido mais forte, por sorte as barras de ferro contiveram-na.

    Creio que a unica vez que consegui embarcar com paz neste horario, foi o dia que um bando de marginais levou uma pequena bomba de fumaça que explodiu na base, todos se foram, mas eu fiquei, nossa que paz que ficou…

    Gostaria de deixar uma dica sensata, para que as pessoas qeu trabalham e soam muito levem um desodorante consigo para usar antes de terminar o turno, pois algumas vezes pegamos um trem cheio de trabalhadores que puts, agente quase desmaia, rsrsrs…

  37. Fui pra SP dia desses e foi horrível me achar, e as informações no metro são bem complicadas, pq vc não encontra ninguém que possa te informar algo … tivemos de pedir informação aos usuários, o que nem sempre é seguro neh?! Mas enfim, fica a dica

  38. O metrô de São Paulo vem pisando na bola com o usuário, não por incompetência de seus técnicos, mas por uma administração movida por politicalha do pior nível que privilegia de forma criminosa determinadas empresas de transporte e o tráfego insano particular.
    O Metrô insiste em construir estações sem banheiros – Ex Santos-Imigrantes que foi transformada em estação rodoviária da noite para o dia e não possui banheiros. Pilantragem que começa nas secretarias da prefeitura.
    Com a retirada dos fretados da cidade (que não melhorou em nada o trânsito), com a opereção de novas estações e com a defasagem enorme de expansão de linhas e trens, está um inferno pegar o transporte coletivo em São Paulo. Tratam gente pior que animais.
    É preciso ter a convicção de que o que o enche de pavor um político é o povo organizado na rua exigindo seus direiros. É preciso seguir o exemplo de democracia que estão surgindo em outros países e acabar com a bandalheira dos nosso “políticos”.

  39. Pessoal que reclama de onibus ruim, metro lotado… ah meu filho, vai pra campinas para voce ver o que é bom pra tosse. Transporte publico em SP é uma maravilha, pra mim é perfeito e funciona como deveria.

    Enfim, valeu pelas dicas, só uma coisa:

    Na baldiação da Linha 3 Vermelha (Sentido Itaquera) para a Linha 1 Azul NA SÉ (Sentido Tucuruvi), você tem que pegar o SEGUNDO carro, e não o PRIMEIRO carro.

  40. Ah e outra coisa, para quem vai descer na estação Marechal Deodoro, sentido Itaquera, pegue o 5 carro que voce sai na boca da escada rolante.

    Valeuu!

  41. Estou com uma dúvida… moro na Vila Formosa e trabalho ao lado da Estação Bresser-Mooca… Então, pego um ônibus até o metrô Tatuapé e tenho que descer 2 estações depois, passar pelo Belém e tenho que descer na Bresser-Mooca… Só que como é horário de pico nunca da certo de descer na Bresser… sempre desço na Sé e volto… Teria um jeito melhor pra que eu descesse na Bresser e não perdesse tanto tempo?

    att

    Bruno

  42. Muito boa as dicas! Por experiência de sobrevivente já conhecia algumas delas, o caso é que nem sempre me lembro dos carros certos para otimizar o meu embarque… Mas também tenho um dica: Para as pessoas que não conseguem um espacinho para se segurarem e tem que ir na base do equilíbrio mesmo, se posicionem no sentido do deslocamento do trem como se estivessem prontos pra surfar rsrsrsrs. assim evitam de ficar caindo todo segundo a cada brecadinha do trem, em cima das outras pessoas que também estão tentando se equilibrar.

  43. Bom dia a todos!

    Vou a SP a trabalho no fim de Agosto/2012 e estou pretendendo ir assistir a São Paulo x Botafogo no dia 30/08. Gostaria de saber se tem como ir de metrô (estação perto eu sei que não tem), pra depois pegar um taxi até o estádio. Vou ficar hospedado na Av. São João no centro e não queria ir o caminho todo de táxi pra economizar =). Outra coisa, é seguro voltar a noite depois do jogo de metrô? E teria como?
    VAleu!!

  44. Valeu pelas dicas, Fernando. Mas eu gostaria de perguntar uma coisa: Até nos fim-de-semanas não dá pra fazer baldeação depois da meia-noite e meia? Porque eu vou num show perto da estação Barra-funda e preciso ir pro Sacomã, mas é muito tarde, tem como fazer o trajeto? Ou o metrô para de funcionar no horário mesmo, e não dá pra chegar até a estação que se deseja? Valeu

  45. olà…me ajudem… Tenho q fazer baldeação da sé para o bras…e que lado devo sair?? Direito ou esquerdo???

  46. Olá Fernando! Uma dica que sempre uso quando vou na Paulista, é fazer a baldeação na República agora, em vez de no paraíso. São menos estações a se andar, até a Estação Brigadeiro pelo menos, só vale a pena no quesito tempo, se for exatamente na estação paraíso, ai é mais rápido pela sé. Sem contar o fluxo de gente, acesso… E na volta, da Paulista para a Linha vermelha, também é melhor ir até a consolação e baldear para a amarela e depois república, tanto pra quem vai pra Barra funda quanto quem vai para Corinthians-Itaquera, descendo antes da sé e embarcando antes daquela amostra grátis indiana. Valeu!

  47. Excelente, Fernando! Queria muito um guia desses aqui pro Rio de Janeiro. Sabe se existe? Abraço e parabéns!

  48. banheiro da luz voltou a funcionar. tiete é todo gratuito agora, devido a nova lei que banheiros de rodoviarias tem que ser gratuitos.

  49. Pingback: Por um momento de união | Imperator's blog

  50. Amigos, a dica da mochila é muito importante! Mas não vamos nos esquecer que não são só mochilas que atrapalham! Existem pessoas carregando sacolas grandes, bolsas grandes, volumes que atrapalham a passagem dos outros usuários! Mulheres, coloquem a bolsa, mesmo que seja gigante, na frente do seu corpo! Não a deixe pendurada no ombro, na lateral do corpo! Valeu!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s