Lose your illusion

A sabedoria é algo que muitos almejam, mas será que possuem um mapa claro de como atingí-la? É claro que não. Não deve haver um mapa claro para a sabedoria. Pessoalmente, creio que ela seja um dos caminhos para a felicidade. Não o único, mas uma vez escalada a pirâmide de Maslow, sem sabedoria logo vem a estagnação e talvez a perda da atmosfera de crescimento, tão necessária para sermos felizes. Portanto, a felicidade duradoura depende da evolução em todos os sentidos, e não é possível evoluir a mente sem buscar sabedoria.

Lendo este post do excelente Dr. Alex Lickerman (médico e budista), me deparei com uma definição de sabedoria nova para mim.

Após tantos anos a valorizando e almejando, me deparei com uma definição muito interessante do budismo sobre a sabedoria:

“Alcançar a sabedoria é nos livrarmos das ilusões.”

Vivemos vidas de tantas ilusões. Algumas grandiosas e outras tão pequenas e arraigadas à nossa visão de mundo que passam desapercebidas como “verdades”. É muito importante sair de você mesmo algumas vezes e tentar ver as coisas e o mundo de uma perspectiva um pouco mais ampla, como uma visão em terceira pessoa. Sem esta perspectiva, não podemos resolver os problemas mais graves, e ao menos tentar enxergar o mundo com um pouco menos de viés, que vem com as visões de mundo.

O Dr. Alex também me ensinou no mesmo post que nós apenas perdemos ilusões quando o custo de mantê-las se torna mais alto do que o custo de largá-las, como ao terminar um namoro/casamento e perceber que não precisamos do amor de ninguém para sermos felizes, ou quando descobrimos que não gostávamos do emprego após sermos demitidos.

O grande desafio, creio, é perder a ilusão antes que isso se torne conveniente. Talvez esta seja a chave do processo de amadurecimento. Tenho para mim que uma das características da vida adulta é fazer o que deve ser feito, mesmo que às vezes não estejamos com vontade de fazer. Isso se aplica aqui também, a realidade deve ser encarada de frente, por mais difícil que seja.

Portanto, caro leitor, lhe convido a perder suas ilusões e encarar a vida de frente. As circunstâncias negativas são suas amigas, porque lhe fazem crescer. Aprenda a agradecer os problemas, pois são chances de arrumar o que quer que esteja errado em sua vida, que o esteja causando. Uma vida de ilusões é tão triste quanto patética. Deveríamos almejar uma vida de grandeza, realização e felicidade, e ela só é possível com sabedoria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s