Felicidade x Prazer

Muitos confundem o prazer com a felicidade. Grande engano, nada poderia ser mais longe da verdade.

O prazer é traiçoeiro e deve ser usado com moderação. O prazer é efêmero por definição. Um carinho prolongado por uma hora não é mais prazeroso. O quinto pedaço do bolo de chocolate não é tão gostoso quanto o primeiro. E tantos outros exemplos.

Prazer é resultado de um estímulo externo, e pode até trazer sentimentos felizes momentâneos, mas não duram, porque dependem da continuidade destes estímulos de fora. Preciamos sempre de mais. Muitas vezes, é necessário que façamos tarefas não prazerosas para contribuir com nossa felicidade.

Vivemos numa sociedade em busca do prazer, uma sociedade de endividados e de obesos, de viciados em tudo que se imagina. É preciso controlar os prazeres para que eles não controlem você.

Quem é feliz certamente experimenta o prazer, mas o contrário nem sempre é verdade. Pensem nisso.

Um pensamento sobre “Felicidade x Prazer

  1. Pingback: Aceitando o stress e o desequilíbrio « Imperator's blog

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s